navegar pelo menu

Aquele dos 19 anos

Entrei aqui hoje só porque queria mudar minha idade na descrição ao lado pra ver se entrava logo na minha cabeça que as minhas 18 tempo...

19 de jun de 2018


Entrei aqui hoje só porque queria mudar minha idade na descrição ao lado pra ver se entrava logo na minha cabeça que as minhas 18 temporadas ganharam mais uma companhia. É, no último domingo (bem aquele do jogo do Brasil) eu completei meus 19 anos e até agora fico caindo na real entre as tarefas diárias e sempre entro em um pequeno colapso.

Não me leve a mal mas eu realmente não acreditava que ao menos passaria pra maior idade, pensei que até mesmo ama combustão espontânea no meu corpo ou o fim do mundo chegaria antes disso. Eu sei, é estranho e até meio ingrato pensar assim mas sempre foi o que se passou nessa cabecinha de meu Deus aqui. 

Passei o meu domingo com o pessoal da loja onde trabalho, fechamos pra assistir o jogo e eles me fizeram uma festinha surpresa cheia de comidas. Enfim, comemos, assistimos e posamos para muitas fotos e bomerangs, foi legal demais.

Oficialmente me senti adulta quando fui lembrar do meu aniversário só um dia antes e porque comentaram comigo, foi triste mas é bom pensar que tenho outras coisas em mente. 

Como no ano passado logo perto do meu aniversário criei coragem pra ir mesmo atrás do que eu queria pra minha vida, foi assim que comecei meu curso de design gráfico. Esse ano, com tudo já pago e chegando ao fim, decidi que vai ser o ano da minha carteira de motorista, já agendei o objetivo no Next e tô correndo atrás das horas extras no trabalho pra juntar ainda mais graninhas e realizar logo isso. Quem sabe o de 2019 não é a minha moto, né?

Me sinto bem contando isso aqui mesmo que digam que faz mal espalhar pro mundo os seus objetivos e tal mas é reconfortante ter algum lugar pra soltar isso e me sentir bem por estar realmente pensando no meu futuro, investindo pra melhorar de vida.

Outra coisa muito importante pra começar esses 19 aninhos: voltei a planejar meu livrinho. Comecei um plot que tinha na cabeça e to desenvolvendo ele com passinhos bem de tartaruga mesmo porque ele é mais algo pra mim, pra eu ver que se organizar minhas ideias consigo fazer coisas incríveis mesmo. Aquelas provações bobas pra nós mesmas, sabe? 

Pra quem não postava a um bom tempo, até que estou me sentindo inspirada em um nível legal pra contar coisinhas e talvez até voltar a trabalhar mais os conteúdos daqui. Quem sabe, né? 
26 de abr de 2018


Tudo bem, não foi um horário estratégico, eu tava voltando do trabalho e me deparei com aquele amarelinho ali no fundo, não pude fazer nada além de tentar tirar uma fotinha, né? Mas acho que depois de quase dois meses sem fazer nada disso, a gente perde o jeito, assim como perdi o jeito de escrever por aqui.

Foi esquisito, tanta coisa mudou e isso me da uma sensação de nostalgia já que sempre volto pra cá quando tudo tá mudando mas não na parte boa e sim na parte em que as coisas tão começando a despencar em câmera lenta sobre mim. Me afundei em um limbo enorme de falta de vontade de fazer minhas coisas e um querer imenso de entrar dentro de mim e ficar quietinha.

Ao mesmo tempo que isso aconteceu, até que fiz umas coisinhas legais. To concluindo meu curso de edição de vídeo, ainda to mantendo meu emprego (pelo menos até hoje), tomei vergonha na cara e comecei a reforma do meu portfólio e voltei a treinar meus desenhos na mesa digital. Eu sei, pra dois meses são coisas muito rasas e que não valem muito crédito mas foi difícil demais fazer isso então to tentando seguir com isso mesmo, a gente faz o que pode, né?

Por falar em coisas mudando, o que acharam do novo layout? Passei por uma fase que precisava tirar aquela informação toda daqui e trazer paz (tanto pros olhos quanto pra mente). Eu curti ele demais e foi um achado enorme. Enfim, depois de deixar bem claro que i had a mental breakdown and now i'm trying to get back on track vamos pra parte mais legal.

ASSISTINDO

Eu não aguentei e simplesmente me afundei em Brooklyn 99', desde então quero muito ser Gina Linetti mas todos sabemos que eu só me passo pelo Boyle no máximo. É engraçado mas sempre com continuação e todos os personagens são tão engraçados com suas próprias manias, grrrr.

Continuo firme e forte acompanhando minha família linda em Dynasty que é maravilhosa e cheia de dramas e tramas. A cada episódio as coisas só melhoram, quero só ver como essa temporada vai terminar.

Voltei também com a minha maratona maravilhosa de You Me Her, essa nova temporada tá muito legal, aborda muito como os três estão trabalhando pra fazer a relação funcionar (ainda que eu ache que a Izzy é quem mais se importa e realmente tenta resolver as coisas mas beleza). 

E pra finalizar, uma vez e outra eu assisto uns episódios de Grimm mas é sempre misturado já que só assisto quando a @ vem aqui. Ainda assim tem alguns episódios que conseguem me prender mas em outros eu só durmo mesmo, é triste.

OUVINDO

Desde que no meu trabalho as pessoas simplesmente estão viciadas na rádio Menina, to sendo meio que obrigada a curtir uns sertanejos mas até que não tá sendo tão ruim, essa é a parte boa de ser uma pessoa aberta pra novas músicas. Além disso, tenho ouvido umas coisas diferentes como Livinho se declarando pra Rebeca e Projota falando coisas bonitas sobre uma mulher que eu queria muito ser.

FAZENDO

Já falei um pouco disso mas é sempre bom aprofundar e explanar a vida na internet, né? Ainda mais na blogosfera. O meu curso ainda tô firme e forte, tenho pensado muito em voltar com o meu yoga, to me esforçando mais nas ilustrações ao invés de deixar elas de lado quando não consigo soltar aquele traço lindo e limpo como nas ilustras legais, to escrevendo mais do que antes porém ainda é menos do que eu gostaria. Tenho saído bastante, comido muita batata do McDonalds e "assistido" muitos filmes de terror (entre aspas porque a gente se esconde na prometida e reza pras assombrações não ficarem na cabeça).

Meu novo passatempo tem sido editar as coisinhas do blog com calma, as fotos dos posts estão mudando com muita paciência (tá grande, aí?), uma fontezinha ali e uns logozinhos aqui, tudo sob controle e ficando lindo.

Tava morrendo de saudade de escrever pra vocês, de verdade mesmo. Ainda vão ficar comigo nessa nova fase? Espero que sim.
15 de jan de 2018


Maratonas de séries definitivamente não deveriam afetar a sua vida ou entrar demais nela mas acontece que algumas delas são especiais demais e aquecem o nosso coraçãozinho a cada minuto ali na telinha do notebook, assim fica impossível proibir ela de te fazer tomar café demais, te fazer entender piadas com famosos que antes eram distantes e até mesmo sentir o cheiro de neve.
6 de jan de 2018


Não é certo descrever meu final de ano como falho mas é assim mesmo que vou descrever. Amo demais as festas de final de ano e lembro certinho dos detalhes legais que fizeram essa paixão crescer em mim quando era pequena, acho que isso é um clichê de crescer, né? Pensar que as festas não são mais como antes e que a família era mais unida quando, na verdade, era só a gente que não via essas coisas por ser pequenina e não ter que pensar nisso.
3 de jan de 2018


Eu sou uma heroína. Meu super poder? Fácil, eu consigo entrar em qualquer mente em qualquer momento, escuto seus pensamentos, vejo o que você já viu e em um bom dia, o que ainda vai ver.
23 de dez de 2017


Diria que seus olhos são os maiores já vistos mas não consigo pensar nisso quando aquelas lentes castanhas me encaram tão fixamente. Seus cabelos mudam todos os dias mas gosto de presencia-los quando pendem em cachos bagunçados ao redor do seu rosto moldado em bochechas grandes e queixo pontudo.